quinta-feira, 31 de março de 2011

Blog da CDL faz entrevista a respeito da revitalização do centro de Santa Cruz do Capibaribe


O problema da revitalização do Centro de Santa Cruz do Capibaribe é uma luta antiga da CDL da cidade.

Várias vezes já houve tentativas de parcerias com o Poder Público, mas só promessa. Na quarta 30, o Blog da CDL conversou com o Secretário de Infraestrutura da cidade, Fabiano Glicério, sendo abordado mais uma vez o assunto. Confira a entrevista abaixo!





















Como está a questão da revitalização do centro de Santa Cruz do Capibaribe?

Fabiano Glicério - A revitalização do centro é uma obra de interesse não só da CDL, mas de todos nós que fazemos a prefeitura. A gente entende que de fato faltou uma estruturação melhor do centro quando a feira foi mudada. Nós temos de estudar a revitalização do centro de uma forma agradável, onde todos possam ser beneficiados. Já temos alguns projetos e vamos buscar recursos para projetarmos e revitalizarmos a Av. Raimundo Francelino Aragão e Padre Zuzinha, além da entrada da cidade e outras praças para darmos um visual melhor a Santa Cruz do Capibaribe.

Desde a gestão anterior que a CDL procura a prefeitura para firmar parcerias no sentido de revitalizar o centro para beneficiar o comércio. Há possibilidade desse projeto ganhar força com você a frente da pasta?

Fabiano Glicério - Há sim. A intenção nossa é de ajudar e, que todos nós possamos nos unir, pois quando todo mundo se junta com o mesmo pensamento, com o mesmo objetivo, as coisas de fato acontecem. Quero dizer a todos da CDL que podem me procurar que vamos nos unir para buscarmos benefícios para a população. No que depender de mim, reuniões com o prefeito para discutirmos, no que depender da minha secretária, a gente vai fazer.

Quando Galego foi secretário o prefeito chegou a dizer em uma reunião com a CDL que em 2011 essa revitalização começaria a partir de uma troca da canalização de esgoto pelo centro. Depois que você assumiu isso já foi discutido?

Fabiano Glicério - Foi discutido sim, tanto é que a gente já tem alguns projetos. Se o pessoal da CDL quiser comparecer a minha secretaria, fiquem a vontade para debatermos e juntos vermos como vai ficar, podem ir lá. Santa Cruz do Capibaribe é uma cidade que precisa urgentemente de uma melhoria grande. A cidade cresceu demais na questão financeira, mas a estruturação não acompanhou o desenvolvimento da cidade. Um dos projetos é de asfalto no centro e nas vias de acesso que interliga o centro aos bairros.

Existem datas para iniciar estas obras que você falou que estão projetadas?

Fabiano Glicério - Olha, data exata não posso afirmar, devido que está em processo de licitação. Mas, a gente pode ver e passar para vocês. Quero adiantar que tem muita coisa já adiantada, como é o caso da Avenida Prefeito Bráz de Lira, em fazer obras naquele canteiro central.

Em relação a duplicação da BR-104. Santa Cruz está preparada para este avanço?

Fabiano Glicério - Olhe, sou bem sincero. A cidade já deu um certo avanço, mas ainda tem muito a melhorar, sobretudo no trânsito. Temos que nos conscientizar e nos preparar para solucionarmos os problemas dentro da cidade e, tudo está se engavetando no giradouro. Hoje, eu ainda vejo a cidade com algumas deficiências para suportar, pois com a duplicação, o número de veículos que virão a Santa Cruz vai duplicar.

Em sua secretaria você utiliza do plano plurianual para desenvolver suas ações?

Fabiano Glicério - Esses projetos são elaborados de acordo com o Plurianual, mas quando recebemos recursos do governo, a gente busca trabalhar ele em benefício para a população.

Do Blog da CDL-SCC

Corpo de José Alencar chega ao crematório em Contagem



O corpo do ex-vice-presidente José Alencar já se encontra ao Cemitério e Crematório Parque Renascer, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde será cremado. A previsão é de que as cinzas sejam levadas para a cidade natal de Alencar, Itamugi, a 20km de Muriaé, na Zona da Mata do estado, após a missa de sétimo dia.


A recepção tem as honras de chefe de Estado, como homenagem a Alencar. O caixão foi levado para a cremação por dois soldados do Exército, dois homens da Força Aérea, dois policiais militares e por dois homens do Corpo de Bombeiros. Haverá três salvas de tiros de festim e 21 tiros disparados por quatro canhões do tipo obuzeiro 105mm, trazidos de Juiz de Fora, na Zona da Mata. Por fim, haverá o toque de silêncio.

Estão presentes cerca de 50 pessoas, dentre as quais familiares, amigos e autoridades, entre elas o governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB), o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB) e a prefeita de Contagem, Marília Campos (PT).

No local, há mais de dez coroas de flores. Também estão presentes 105 soldados do Exército e 70 homens da Força Aérea. O acesso pela BR-040 tem trânsito normal e a guarda do cortejo é feita por homens da Polícia Militar, da Polícia Rodoviária Federal e do pessoal da Transcon, de Contagem.

Do Estado de Minas

Técnicos da Compesa vem a Santa Cruz explicar projeto de esgotamento sanitário


Aconteceu pela mahã, no auditório da secretaria de Educação de Santa Cruz do Capibaribe, uma reunião do G5 e do prefeito Toinho do Pará com os técnicos da Compesa, que vieram explicar e discutir o novo projeto de esgotamento sanitário da cidade. A vinda dos representantes da Compesa, é fruto da ida do G5 e do prefeito à Recife semana passada, quando em audiência com o presidente da Compesa, Roberto Tavares, solicitaram melhorias no sistema de esgotamento do município.
O novo projeto foi apresentado pelos técnicos aos presentes, que discutiram item por item, apontando alternativas para as soluções. Ficou esclarecido que será executado a partir do mês de julho deste ano, terá início a 1ª etapa do projeto, que atenderá as necessidades de 40% da população, mais precisamente os bairros: Polispacas, Cohab, Manoel Monteiro, São Miguel, Antonio Felix, Dona Lica, Santo Agostinho e Acauã.
Dentro do projeto em sua 1ª etapa, que tem um custo de 28 mi, está incluso a construção de uma ETE- Estação de Tratamento de Esgoto, que ficará situado à 3.700 metros da cidade, no trecho que compreende Santa Cruz à Pão de Açúcar, ás margens do rio Capibaribe.
O novo projeto de esgotamento' sanitário contemplará 102 habitantes, quando concluído em sua totalidade nas 1ª e 2ª etapas. O custo total será de quase 50 mi. A primeira etapa terá sua conclusão em dois anos, em julho de 2013. Neste período, a 2ª etapa passará por análise e adequações, dependendo das necessidades do município, que é um dos que mais cresce no país. Os recursos são da Caixa Econômica Federal de agosto de 2009, do PAC I.
Sobre o principal problema no momento, que é água insuficiente nas torneiras, já que os mananciais estão cheios, mas o líquido não chega com a quantidade desejada, a Compesa garantiu que fará em caráter de emergência, ajustes nas ETAS existentes, que aumentará em 33% a vazão de água nas residências.

Imagens: Marcondes Moreno

Cadeirinha deve continuar de costas para o motorista até criança completar 2 anos, sugerem pediatras

Por Madonna Behen

The New York Times

  • As pessoas comemoram quando viram a cadeirinha do filho para frente com um ano, mas a medida na verdade diminui a segurança da criança

    As pessoas comemoram quando viram a cadeirinha do filho para frente com um ano, mas a medida na verdade diminui a segurança da criança

Os bebês normalmente passam de cadeirinhas para automóvel voltadas para trás para as viradas para frente depois de fazer um ano, acontecimento que muitos pais comemoram como uma conquista. Porém, em uma nova declaração de recomendações, o mais importante grupo de pediatras dos EUA diz que essa transição deveria ser feita um ano mais tarde.

A recomendação da Academia Americana de Pediatria, publicada em 21 de março, baseia-se num estudo de 2007 da Universidade da Virginia que descobriu que crianças de até 2 anos têm 75 por cento menos chance de sofrer lesões graves ou fatais num acidente se estiverem de costas para a dianteira do automóvel.

“A cabeça do bebê é relativamente grande em proporção ao resto do corpo e os ossos do seu pescoço são estruturalmente imaturos”, disse o principal autor da declaração, o médico Dennis R. Durbin, codiretor científico do Centro de Pesquisa e Prevenção de Lesões do Children’s Hospital da Filadélfia. “Se ele estiver virado para a traseira, seu corpo inteiro será mais bem amparado pela estrutura do assento. Quando ele está de frente, seus ombros e tronco podem estar bem presos, mas numa batida violenta a cabeça e o pescoço podem ser lançados para frente”.

A nova declaração também recomenda que crianças mais velhas andem num assento de elevação até ter aproximadamente 1,45 metro de altura e entre 8 e 12 anos. O assento de elevação permite que os cintos de segurança de três pontos se ajustem adequadamente, o que significa que a faixa inferior do cinto se ajuste embaixo na linha dos quadris e da pélvis e a parte do ombro passe pelo meio dos ombros e do peito.

“Nossas recomendações se destinam a ajudar os pais a abandonar conceitos tomados como verdadeiros baseados na idade da criança”, esclareceu Durbin.

“Queremos que eles percebam que a cada mudança feita, da cadeirinha virada de costas para a cadeirinha virada para frente e desta para o assento de elevação, há uma redução da segurança da criança. Por isso é que estamos insistindo com os pais para adiarem essas transições o máximo possível”.

Defensores da segurança aplaudem a nova política, mas dizem que a passagem dos assentos virados para trás para os virados para frente é a que os pais menos querem adiar. “As pessoas comemoram quando viram a cadeirinha do filho com um ano, mas espero que um dia eles comemorem por conseguir manter a criança virada para trás por muito tempo”, disse Debbi Baer, enfermeira obstétrica de Baltimore que é defensora da segurança de crianças em automóveis há mais de 30 anos.

A política anterior da Academia, de 2002, afirmava ser mais seguro para bebês e crianças pequenas ficarem virados para a traseira e mencionava 12 meses e 9 quilos como os requisitos mínimos para que a cadeirinha fosse virada para frente. Mas Baer, técnico habilitado em segurança de passageiros infantis, afirmou que os pais tendiam a adotá-la como uma regra imutável.

“Muitos pais acham que virar a cadeirinha do carro é mais um marco no desenvolvimento da criança que mostra o quanto seu filho é inteligente e avançado. Eles não percebem que isso deixa a criança menos segura”, afirmou.

Segundo Baer, evidências de outros países são irrefutáveis: a Suécia, por exemplo, onde as crianças andam olhando para a traseira do carro até os 4 anos, tem a menor taxa de mortalidade nas estradas para menores de 6 anos.

Há sete anos Ed Weissberg e sua mulher Edda, de Baltimore, seguiram o conselho de Baer e afirmam que salvaram a vida de sua filha, Renana.

O casal e seus três filhos estavam indo em direção ao norte na rodovia Interstate 95 quando foram atingidos por um carro que teve o pneu estourado.

A minivan decolou no ar, planou sobre três faixas de trânsito e aterrissou de cabeça para baixo.

“Os socorristas me disseram mais tarde, depois que viram nosso carro, que já estavam prontos para tirar nossos corpos”, disse Ed Weissberg, que agora vive com a família em Israel. Ao invés disso, eles encontraram a família toda praticamente ilesa, com as três crianças penduradas de ponta-cabeça, ainda atadas seguramente a suas cadeirinhas. “Algumas pessoas achavam que éramos loucos por deixar nossa filha de 2 anos olhando para trás, mas se ela estivesse de frente, não estaria viva hoje”, disse.

Alisa Baer, pediatra do Morgan Stanley Children’s Hospital em Nova York (e filha de Debbi Baer), afirmou que o caso de Renana Weissberg está longe de ser o único. “O termo é horrível, mas os socorristas chamam a cadeirinha virada para trás de ‘cadeira do órfão’ porque num acidente de automóvel grave, essa criança com frequência é o único sobrevivente”, disse.

Até recentemente, a maioria dos assentos que podiam ficar virados para a traseira do carro não comportava crianças que pesassem mais do que 9 quilos.

Entretanto, hoje os limites estão mais próximos de 13,5 a 16 quilos e algumas chegam a 20,5 quilos.

Alisa Baer acredita nisso tão firmemente a ponto de não recomendar que pais instalem um assento voltado para frente para uma criança com menos de 2 anos. “Digo para eles: 'Se você quer mesmo tomar uma decisão estúpida em relação ao seu filho, você até pode fazer isso, mas eu não vou ajudar’”. A pediatra relata que pais frequentemente lhe diziam que os filhos de 2 anos ficariam desconfortáveis com as pernas espremidas contra o encosto do banco e estariam mais propensos a quebrá-las em um acidente. Nenhuma dessas afirmações é verdade, disse. “Eu sempre asseguro aos pais de que só porque para eles parece desconfortável não significa que seja desconfortável para a criança”.

Jornalista Risoní Santos deixa o comando da Assessoria de Comunicação da PMSCC‏


Até logo!

Gostaria de comunicar aos amigos, colegas de trabalho e aos ilustres colegas da Imprensa santacruzense, que a partir desta sexta-feira, 1º de abril, deixo o comando da Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Santa cruz do Capibaribe, para poder me dedicar integralmente a um novo projeto em Caruaru, minha cidade de origem, assim que retornar de um breve período de férias na Capital Paulista.

Acredito que nada acontece por acaso e que Deus está no controle de tudo em nossa vida e, portanto agradeço primeiramente a ELE pela oportunidade, ao Prefeito Toinho do Pará, por ter acreditado no meu trabalho e aos colegas de todos os veículos, independente de bandeira política, pelo respeito que sempre me dispensaram e também pelos espaços concedidos. Obrigada a todos de coração!

Nestes 18 meses, em que prestei serviço ao órgão, procurei não desperdiçar nenhuma oportunidade de ver o nome do Prefeito Toinho do Pará divulgado na mídia e não menosprezei nenhum espaço, enviando “releases” com sugestões de pauta e posteriormente acompanhando através da “Clipagem” diária, suas obras e ações sendo destacadas em Rádios, TV´S, Blog’s, Jornais e Revistas de Santa cruz do Capibaribe, da Região, do Estado e até do Brasil, como foi o caso de matérias veiculadas na Revista Carta Capital e no Jornal Nacional da TV Globo.

·Idealizei, participei da produção e apresentei o Programa Prefeitura no Rádio, transmitido durante seis meses pela Rádio 101 FM, posteriormente ao lado do companheiro Jota Oliveira, com o mesmo objetivo: levar ao conhecimento público o trabalho do Chefe do Executivo Municipal;

·Criei o Informativo Municipal Anual – impresso contendo o resumo das principais ações em 2009 e 2010;

·Passei a atualizar o Site da Instituição, ferramenta que era quase esquecida;

·Personalizei os textos para serem veiculados em carro de som, com o objetivo de unificar a linguagem;

.Atuei como chefe de cerimônia em diversas ocasiões, entre outras atividades.

Diante do exposto, acredito ter cumprido não apenas a minha obrigação como assessora de comunicação, mas, estive à disposição, em tempo integral, independente de ser ou não solicitada. Portanto, saio de cabeça erguida, acreditando que os erros que porventura tenha cometido, serão perdoados. Sou muito grata a Deus pelas amizades que aqui construí e prometo que não iremos nos perder de vista, até porque, continuarei assinando a minha coluna na Gazeta de Santa Cruz.

Um forte abraço a todos.

Oficina voltada à problemática das drogas é ministrada na Terra das Dálias


Desde a manhã de ontem (30) que o auditório da Prefeitura da Dália da Serra, Edivaldo Felix da Silva, está sediando a 1ª Oficina descentralizada com o tema: “Drogas: Desafios e possibilidades”. A mesma é uma realização de parceria entre a Prefeitura de Taquaritinga do Norte através da Secretaria de Ação Social e o Instituto de Pesquisas Sociais Aplicadas – IPSA, entidade vinculada a Universidade Federal de Pernambuco

Estão participando do evento, profissionais da Assistência Social, Saúde, Educação, Conselheiro e ONGs, todos focados na troca de experiências que permitam construções e alternativas eficientes e efetivas para redução de problemas gerados ao uso das drogas.

“Sabemos das grandes proporções que está tendo as drogas no mundo atual, principalmente com os jovens. E uma oficina como esta sendo ministrada em nosso município só vem trazer experiências coletivas para aplicarmos em nossos Centros de Referencias de Assistências Sociais com os munícipes, e com isso, diminuirmos os adeptos desta grande ilusão”, destacou a Secretaria de Ação Social Mauricéa Gomes.

Henrique Figueirôa

Assessor de Imprensa e Marketing

Encontro Político Reuniu Lideranças de Santa Cruz



O encontro Político promovido pela oposição de Santa Cruz foi realizado nesta quarta-feira (30) no Festa Hall. A reunião teve como objetivo mostrar ao público presente as reivindicações do grupo ao governador através do programa “Todos por Pernambuco”, unir o grupo em prol da cidade e divulgar o trabalho que estão desenvolvendo o Deputado Estadual Edson Vieira e a bancada de Vereadores Afrânio Marques, Júnior Gomes, Francisco Ricardo e Zezin Buxin.
Durante a reunião o grupo pode expor seu trabalho através de uma prestação contas, mostrando suas atuações e o seu empenho por melhorias para nossa cidade.
Para Edson Vieira “Este encontro nos dá a oportunidade de mostrarmos nosso trabalho e solidificarmos a nossa união, esse é o caminho que nos levará a novas conquistas”.
Também estiveram na reunião o ex-prefeito Ernando Silvestre, o ex-prefeito e ex-Deputado Estadual Augustinho Rufino, suplentes de vereadores e lideranças políticas locais.


Assessoria de Imprensa do Dep Edson Vieira

POLICIAIS DA 3ª CIPM SÃO RECEBIDOS PELA CUPLA PMPE E ELOGIADOS PELO COMANDANTE GERAL

Comandante Cel. Tavares Lira com o Sgt. Ernesto e o Cb. Junior

Cel. Lira, Cb. Junior, Sgt. Ernesto e o Mj. Bosco

Cupla da PMPE com Ernesto e Junior

Aplausos para os homenageados


O Comandante Geral da Polícia Militar de Pernambuco, Coronel Tavares Lira, recebeu para um café da manhã especial, o Sargento Ernesto do GATI e o Cabo Junior da ROCAM, ambos da 3ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) em Santa Cruz do Capibaribe, que tem como Comandante o Major João Bosco. No café, oferecido com exclusividade para o Sgt. Ernesto e Cb. Junior, também estavam presentes o Chefe do Estado Maior, Coronel Carlos Feitosa, o Diretor Geral de operações, Coronel Eden Vespasiano, o Comandante Geral do Agreste, Coronel Luiz e o Comandante da 3ª CIPM Major João Bosco. Na ocasião o Coronel Tavares Lira Leu e assinou um documento contendo as honrarias e informações e currículo da dupla, que estava representando todo efetivo da 3ª CIPM. Um pouco antes de iniciar o café, todos falaram da importância daquele momento histórico para a polícia militar, de forma que a corporação se alegra e orgulha-se de ter policiais com a qualificação, determinação, disposição, dedicação e esforço e garra, a exemplo do Sargento Ernesto e do Cabo Junior.
"Leia cobertura completa na edição 70, que estará nas bancas dia 20 de Abril".


Mito ou verdade: assoprar a comida do filho ou dar beijo na boca transmite cárie?


Por Anahad O'connor
The New York Times

  • Diversos estudos apontam que a transmissão da cárie pode ocorrer entre casais

    Diversos estudos apontam que a transmissão da cárie pode ocorrer entre casais

Todos sabem que é normal pegar um resfriado ou uma gripe. Mas é possível pegar uma cárie? Pesquisadores afirmam que isso não só é possível, como também ocorre o tempo todo.

Embora a culpa recaia sobre os doces, as cáries são causadas principalmente por bactérias que se aderem aos dentes e desfrutam das partículas que sobraram da sua última refeição. Um dos subprodutos criados por elas é ácido, causando a degeneração dentária.

Assim como o vírus da gripe pode ser transmitido de pessoa para pessoa, as bactérias causadoras dessas cáries também podem. Uma das bactérias mais comuns é a Streptococcus mutans. Desde recém-nascidas, as crianças são particularmente mais vulneráveis a ela, e estudos comprovam que a maioria delas contrai essa bactéria de pessoas próximas – por exemplo, quando a mãe resolve experimentar a comida do filho para ver se não está muito quente, afirma Margaret Mitchell, de Chicago, dentista especializada em odontologia estética.

Diversos estudos também apontam que a transmissão pode ocorrer entre casais.

Mitchell já viu isso na prática. “Uma vez, uma paciente de aproximadamente 40 anos, que nunca havia tido uma única cárie, apareceu com duas cáries de uma vez, já começando a desenvolver uma gengivite”, ela disse. Ela ficou sabendo que a paciente havia começado a namorar um rapaz que não ia ao dentista havia 18 anos e que tinha gengivite.

Para diminuir o risco, Mitchell recomenda o uso frequente de fio dental e bastante escovação, além de chicletes isentos de açúcar, pois estimulam a salivação, limpando as placas e as bactérias.

Resultado? As cáries podem ser transmitidas de pessoa para pessoa

Ninharias




Um amigo viu, certa vez, Michelangelo trabalhando em uma de

suas esculturas. Depois de um certo tempo, viu-o trabalhando
novamente e, não percebendo muito progresso no trabalho,
perguntou: "Você não fez nada desde que estive aqui da
última vez?" "Claro que fiz", respondeu o escultor. "Eu
retoquei esta parte e poli isto aqui; Eu suavizei esta
característica e destaquei aquele músculo; Eu dei mais
expressão para este lábio e mais energia para este membro".
"Bem, bem", disse o amigo, "todos estes são ninharias".
"Pode até ser", Michelangelo Respondeu, "mas lembre-se que
ninharias produzem perfeição e esta perfeição não é nenhuma
ninharia."


Temos nós buscado a presença do Senhor para um maior
relacionamento com Ele e um crescimento em nossa vida
espiritual? Temos procurado conhecer a Palavra de Deus para
uma maior compreensão da Sua vontade e, desta forma, poder
glorificá-lO em todas as nossas atitudes? Temos dedicado um
tempo de oração para ouvir a voz de Deus e saber o que Ele
tem para nós?


Às vezes pensamos que tudo isso é dispensável e que basta
ter levantado, um dia, a mão para o Senhor que tudo mais é
automático. Achamos que ir aos cultos, fazer visitas aos
enfermos ou ausentes, participar dos departamentos de nossas
Congregações ou distribuir um folheto evangelístico são
"ninharias" espirituais que nada acrescentarão ao fato de já
sermos cristãos. Chegamos mesmo a dizer que "ninguém é
perfeito" e que ninguém deve pensar em perfeição.


O apóstolo Paulo nos diz que devemos crescer em Cristo e que
o amor é o vínculo da perfeição. Eu sei que somos pecadores
e temos muitas falhas, mas, em meu viver diário, eu peço ao
Senhor que me revista de Sua graça e que me faça melhor a
cada dia. Fico muito feliz quando Jesus trabalha em mim,
moldando minha vida de acordo com a Sua vontade. Eu o amo e
amo a todos que precisam da salvação. Sei que não sou
perfeito, mas, o caminhar em direção à perfeição em Cristo é
o que mais desejo e busco.


E você, ainda acha que tudo é ninharia e sem importância?


"E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da
perfeição" (Colossenses 3:14).

Abra sua empresa a custo (quase) zero


Consultores de gestão, RH e tecnologia mostram como tirar proveito da internet, de associações e redes sociais na hora de começar do zero e com pouco dinheiro
A ideia é inovadora e tem potencial. Na hora de fazer as contas para saber quanto custa tirá-la do papel, porém, a coisa muda de figura. Realizar o sonho de empreender esbarra em questões burocráticas e, principalmente, financeiras, que inibem o voo de muitos ex-futuros-empresários com projetos promissores.

As questões que surgem logo de cara parecem complexas demais para o iniciante. Qual a quantia necessária para abrir a empresa e mantê-la funcionando até obter lucro? Como conseguir crédito mais barato? O que fazer para não errar na hora de aplicar o capital? Em geral, são fatores diretamente relacionados a dinheiro que abatem o ânimo de muitos empreendedores em potencial.

“As pessoas têm medo de investir as economias, não ter sucesso e se endividar. Por isso, boa parte das ideias que poderiam originar novas empresas fica apenas na imaginação”, diz Enio Pinto, gerente da Unidade de Atendimento Individual do Sebrae.

De fato, até há bem pouco tempo, montar uma empresa com o dinheiro contado era missão quase impossível. Porém, com o avanço da tecnologia, esse cenário mudou. Hoje já é possível recrutar on-line, fazer reuniões sem sair do escritório e fidelizar clientes pelas redes sociais sem desembolsar nenhum centavo. “A internet, aliada a estratégias criativas, impulsiona o empreendedorismo”, afirma Carlos Sampaio, coordenador de suporte do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR). Pequenas Empresas & Grandes Negócios ouviu especialistas de diversos setores e elaborou 40 dicas para ajudá-lo a cortar despesas antes mesmo de abrir as portas.

Confira a seguir as estratégias que vão fazer sua start-up decolar.


1 > CALCULE OS CUSTOS DE ABERTURA
A emissão do alvará e taxas da junta comercial são os principais gastos para abrir a empresa legalmente. Segundo Cláudio Vallim, consultor jurídico do Sebrae-SP, dependendo do estado, pode haver outras contribuições obrigatórias, mas o custo total da burocracia varia de R$ 900 a R$ 1.500. Para resolver tudo, pode-se optar por contratar um contador ou advogado. Em São Paulo, o valor cobrado pelo prestador de serviço gira em torno de R$ 2 mil.

2 > EVITE O CRÉDITO PESSOAL
Não busque dinheiro em linhas de crédito pessoal. “Bancos estatais disponibilizam financiamento para pequenas e médias empresas com taxas vantajosas. Enquanto os juros do cartão de crédito são de 10% a 12% ao mês, as outras linhas variam de 1,5% a 2% ao mês. Fuja também das linhas pré-aprovadas, similares ao cheque especial e as mais caras do mercado”, diz o consultor em finanças Alexandre Guimarães, sócio da Kaph Financial Group. Empresas iniciantes podem ainda obter financiamento de até R$ 400 mil (com prazo de até 96 meses, com 36 de carência) do Proger Urbano, disponível em bancos credenciados com juro anual de até 5,33% ao ano, mais TJLP de 6,3% ao ano.

3 > MÓVEIS? SÓ O ESSENCIAL
Mobiliário é caro. No início, gaste pouco para escolher mesas e poltronas e utilize peças de segunda mão em bom estado. Com o tempo, quando o negócio for ganhando corpo, a decoração pode ir mudando. Muitos empresários, acostumados a trabalhar em grandes empresas, montam escritórios luxuosos e depois descobrem que não têm mais dinheiro para, por exemplo, contratar mão de obra qualificada ou para capital de giro.

4 > REAVALIE OS ESTOQUES
Não ter um estoque foi a solução que os donos do Magazine 25, loja que vende artigos para festas, encontraram para viabilizar o negócio. Em 2006, Vagner Fradinho Cândido de Oliveira, 55 anos, resolveu investir R$ 100 mil e criar uma loja virtual de produtos na rua 25 de Março. Como não tinha espaço para estocar mercadorias, o empresário não comprava nada antes que os pedidos fossem feitos. “Fazíamos acordos com empresas da região para tirar fotos dos produtos e publicar no site. Ao final do dia, verificávamos quantas vendas tinham sido realizadas e só então íamos às compras”, afirma Bruno Oliveira, 27 anos, filho de Vagner. O empreendimento familiar fatura R$ 5,5 milhões, emprega 30 funcionários e ocupa 36 salas de um prédio, onde fica também a loja física.
5 > FALE DE GRAÇA
Use e abuse de programas de ligações via VoIP. Com o Skype dá para fazer chamadas gratuitas pelo computador ou smartphone, utilizar recursos de vídeo, chat e realizar conferências com até nove pessoas. “Embora seja o mais famoso, já existem outras ferramentas grátis semelhantes para baixar na internet, entre elas o Gizmo, o Adphone e o X-lite. Além de a instalação ser simples, a qualidade da chamada não deve em nada à das operadoras de telefone”, afirma Carlos Sampaio, coordenador de suporte do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR).

6 > APOSTE NA NUVEM
Vale a pena hospedar na nuvem o correio eletrônico, o banco de dados, a parte contábil e o administrativo, entre outros. Acessar todas as informações da empresa de forma remota traz mobilidade. Outra vantagem dos serviços de cloud computing é a economia. Com eles, a manutenção da infraestrutura e a instalação dos softwares nos computadores corporativos diminuem, pois ficam a cargo do provedor do serviço. Não é preciso superdimensionar o servidor. Montar um parque servidor dentro da empresa sai, em média, R$ 20 mil. A mensalidade dos serviços de cloud computing gira em torno de R$ 80 por usuário.

7 > TOME DECISÕES SEM SAIR DO ESCRITÓRIO
Ao fazer reuniões opte pelos sistemas de teleconferências virtuais. Muitas vezes, o empresário tem de se locomover ou até viajar para tomar decisões importantes, o que gera gastos que podem ser evitados, pelo menos no início. “A Talkshoe oferece o serviço gratuito. Basta preencher um cadastro e abrir a conta. O Gotomeeting permite fazer videoconferências ilimitadas via web com até 15 participantes por US$ 49 mensais”, diz Carlos Sampaio, coordenador de suporte do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR).

8 > EMBARQUE NO GEOMARKETING
A ferramenta é uma pesquisa demográfica detalhada que ajuda a conhecer os moradores da região em que o negócio será criado, seu nível socioeconômico e hábitos de consumo. Isso diminui o risco e permite direcionar ações junto ao mercado de atuação. Com os dados, dá para fazer previsões de quanto o empreendimento vai faturar e analisar os concorrentes vizinhos. O Sebrae oferece, de graça, uma ferramenta de geomarketing chamada Bússola.

Por Ana Cristina Dib - Do PEGN

Temperos substituem o sal e deixam sua comida muito mais saudável



Dicas de ervas que, além de saborosas, fazem bem para a saúde do seu corpo


O sal é um dos vilões mais temidos da atualidade, mas também é o menos combatido. Isso porque desde sempre nós nos acostumamos a comer tudo com uma bela pitada de sal. E se fosse só essa pitada, tudo bem! Mas, o que torna o sal um grande vilão é que ele é a principal fonte de sódio que consumimos, podendo causar aumento da pressão arterial levando a problemas mais sérios de saúde, como a hipertensão e sobrecarregar os rins.

Porém, manter o sal longe do prato ou pelo menos diminuir as quantidades dele nas receitas pode ser mais fácil do que você imagina. A substituição do mineral por outros temperos naturais dá novo gostinho às preparações e ainda por cima promove uma onda de boa saúde. "Os temperos naturais ou condimentos melhoram o sabor, aroma e aparência dos alimentos preparados", explica a nutricionista Maíra Malta, da Unesp. Por isso, confira abaixo alguns temperos que te ajudam a se manter longe do sal.

Alho e Cebola: Os acompanhamentos básicos de quase todos os nossos pratos fazem muito bem a nossa saúde. "O alho, por exemplo, contribui para a diminuição da pressão sanguínea e dos níveis de colesterol. Já a cebola inibe a ação de algumas bactérias e fungos prejudiciais ao nosso organismo e diminui os riscos de trombose e aterosclerose", diz a especialista. A duplinha também ajuda na prevenção de alguns tipos de câncer, como o de pulmão, estômago, próstata e fígado.

Vereador Francisco Ricardo assume a presidência da Câmara Municipal


Vereador Junior Gomes, Presidente Francisco Ricardo e seu assessor Pedro Ramos

Por determinação judicial o diretor administrativo da câmara de vereadores de Santa Cruz do Capibaribe-PE preparou o termo de posse para que o vereador Francisco Ricardo, o Francisquinho, assuma imediatamente como presidente interino da Casa Dr. José Vieira de Araújo.

Agora que Francisco Ricardo já assumiu a presidência da Casa, será que os vereadores de situação faltarão a reunião ordinária desta quinta feira(31), mesmo correndo o risco de serem punidos com um desconto razoável em seus salários?

Segundo informações, a nova Mesa Diretora será composta da seguinte forma;

Presidente - Francisco Ricardo
1º Secretário - Junior Gomes
2º Secretário - Zezin Buxin

Do Blog Opinião - Foto: Emanoel Glicério .

Como soldados americanos matavam civis no Afeganistão



Entre janeiro e maio de 2010, um grupo de soldados americanos no Afeganistão se divertiu no país matando civis. O grupo ficou conhecidos como “esquadrão da morte” (kill team) e alguns soldados foram afastados. No último dia 23, Jeremy Morlock (foto acima), de 22 anos, assumiu a culpa pela morte de três afegãos desarmados e afirmou que vai testemunhar contra quatro colegas.

No domingo (27), a revista Rolling Stone publicou um relato detalhado de como os soldados planejaram as execuções e como ocultavam a verdade sobre as mortes com tiros e granadas e afirmações de que haviam sido atacados. A reportagem da Rolling Stone mostra ainda evidências de que superiores dos soldados sabiam sobre o esquadrão e os assassinatos. Leia a reportagem.

De acordo com a revista, seria difícil não saber, uma vez que os soldados documentavam abertamente, com fotos.


Blog O Filtro - Do Época

quarta-feira, 30 de março de 2011

5º congresso da UMADESC receberá voto de aplausos



O Vereador Ernesto Maia (PTB) Solicitou voto de aplausos para o 5º congresso da UMADESC (União da Mocidade da Assembléia de deus de santa Cruz do Capibaribe-PE). O vereador esteve presente no congresso, na terça-feira de carnaval, e ficou impressionado com a dimensão do evento realizado durante os dias 05 à 08/03, no Cabana Club de Santa Cruz do Capibaribe, onde reuniu cerca de seis mil fiéis por dia, vindo pessoas de diferente cidades a exemplo da irmã Judite Botafogo, Prefeita do município de Lagoa do Carro.

Secretária executiva representa CDL Santa Cruz do Capibaribe, que será destaque em Brasília


Katyane Michele, secretária executiva CDL-SCC


Sucesso no Movimento Lojista Nacional, a CDL Santa Cruz do Capibaribe foi convidada pela FCDL-PE para apresentar o seu caso de sucesso para todo Brasil, no próximo dia 1º de Abril, no Seminário de SPC em Brasília. A entidade vai apresentar as formas com que tem trabalhado as estratégias competitivas na cidade e na região. A representante que irá levar a público o case da CDL é a secretária executiva, Katyane Michele.

Ela levará em sua bagagem todo o seu conhecimento que implanta na CDL nesses anos em que está frente da Instituição. São diversas campanhas encabeçadas pela CDL que tem fluido positivamente em toda cidade.

Campanhas que beneficiam não apenas o associado, mas a toda comunidade, representando assim toda responsabilidade social da CDL Santa Cruz do Capibaribe.

O 78º Seminário do SPC acontece entre os dias 31 de março e 01 de abril.

Pernambucano funda CDL nos EUA


A comunidade brasileira que vive nos Estados Unidos agora conta com uma Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL. A fundação aconteceu por intermédio do pernambucano João Arruda que foi um bravo no movimento lojista brasileiro, agora está estendendo o sucesso das CDLs para o âmbito internacional.
A fundação da CDL foi tão importante para os brasileiros que moram nos Estados Unidos, que João Arruda foi escolhido para concorrer aos notáveis brasileiros que vivem por lá. Este ano estão concorrendo 52 nomes, e é de extrema importância que os brasileiros cedelistas votem em um companheiro de movimento, para que ele possa figurar entre os 15 notáveis brasileiros que moram nos states.


Associe-se a CDL Santa Cruz do Capibaribe e fortaleça o comércio local. A CDL trabalha para auxiliar você a realizar vendas seguras e satisfazer o seu cliente. Venha fazer parte desse time de vencedores.

Mais informações: ligue (81) 3731-2850

Depois de Toritama, Santa Cruz do Capibaribe também tem seu Lixão na PE-160


PE-160 sentido Moda Center/Poço Fundo

Após grande lixão formado na BR 104 em Toritama, está se formando um novo LIXÃO em Santa Cruz do Capibaribe bem as margens da PE-160 no sentido Moda Center à vila de Poço Fundo, devido a quantidade de lixo espalhado e por se tratar de mais de um local na PE-160, acreditamos que este lixo está sendo deixado em grande quantidade talvez caminhões caçambas ou algo do gênero, assim como iniciou na cidade do Jeans aos poucos, da mesma forma a capital da Sulanca deverá em breve terá mais um ponto turístico para apreciação dos visitantes e vergonha dos que nela habitam. Cabe aos responsáveis e ao poder público investigar e acabar logo com este mal antes que se torne um furo de reportagem e venha se tornar notícia nacional. Afinal, já está no Blog para o mundo inteiro ver
O povo já tá de olho e convidamos você a ficar de olho junto com a gente!


Do Opinião,com adaptações do Desafio's.

terça-feira, 29 de março de 2011

Novo Terminal Rodoviário é debatido em Santa Cruz


Todo o grupo Político de situação e representantes de empresas de transporte se reuniram para debater estratégia para a construção do novo Terminal Rodoviário.


Foto:Ilustração

Toinho do Pará juntamente com o seu grupo Político e representantes de empresas de transporte se reuniram para debater estratégia para a construção de um novo Terminal Rodoviário de Santa Cruz.
A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe irá buscar oficializar um contato junto ao Departamento de Estradas e Rodagens de Pernambuco (DER) para que este desenvolva o Projeto Arquitetônico para a construção do novo terminal rodoviário para a cidade.
Posteriormente junto com as empresas e demais autoridades o atual Gestor irá determinar uma doação de um terreno onde será edificado o novo Terminal Rodoviário.

Os deputados federais José Augusto Maia (PTB) e Camilo Cola (PMDB) (proprietário da Itapemirim) irão se reunir para a agilizar o projeto de implantação e instalação do novo terminal rodoviário para a cidade.

Cláudio Higino
Do Portal Agreste PE

Uma Pérola De Grande Valor



"Outrossim, o reino dos céus é semelhante ao homem,
negociante, que busca boas pérolas; E, encontrando uma
pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e
comprou-a" (Mateus 13:45, 46).


Gibbon contou que uma bolsa brilhante de couro, cheia de
pérolas, caiu nas mãos de um soldado raso quando Galerius
saqueou o acampamento persa. O soldado jogou todo o conteúdo
fora e guardou a bolsa com cuidado. Homens igualmente tolos,
como aquele soldado, passam pela vida. Eles não conseguem
perceber a verdadeira riqueza quando a encontram. (Walter
Baxendale)


Que semelhança existe entre nós e aquele soldado? O que mais
nos importa, o verdadeiro tesouro, que nos conforta, nos
edifica, nos transforma e nos garante um futuro de plena
felicidade ou apenas uma coisa brilhante e inútil, que para
nada serve a não ser, um dia, ser jogada fora?


Muitas vezes nos deixamos influenciar pela primeira
impressão -- por uma aparência agradável e tentadora,
achando que é o melhor para nós naquele momento. Mas, e
depois "daquele momento"? Que representará para nós? Que
frutos nos trará? Que bênção produzirá para a nossa alegria
ou para a vida eterna?


Não podemos nos deixar seduzir por coisas brilhantes. O
mundo está cheio desses brilhos, inúteis, enganosos,
traiçoeiros. Eles podem nos dar prazeres por algum tempo,
mas logo o brilho se apaga e nos vemos perdidos e sem rumo.
Melhor é buscar o nosso Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador.
Ele é o maior tesouro que alguém pode ter. Quem o possui,
tem a felicidade e a vida eterna.


O Senhor é o nosso tesouro -- melhor do que todas as coisas
brilhantes do mundo. Ele é o nosso tesouro e nós somos o
tesouro dEle. Somos a Sua pérola de bom preço. Ele nos
comprou, com Seu sangue na cruz. Ele nos guarda, com muito
carinho, com muito amor.

BC: comércio sente falta de notas de R$ 5 e R$ 2


Segmento também declara que as moedas de R$ 1 e de R$ 0,50 são as que mais fazem falta

Da Agência Estado
O comércio sente mais falta das notas de R$ 5 e R$ 2 para dar troco, segundo a pesquisa "O Brasileiro e sua relação com o dinheiro", versão 2010, divulgada nesta segunda-feira (28/3). O segmento também declara que as moedas de R$ 1 e de R$ 0,50 são as que mais fazem falta. Mais da metade dos comerciantes ouvidos demonstrou estar insatisfeita com o fornecimento de moedas pelos bancos. Cerca de um quarto do setor gostaria de ver em circulação moedas com valores acima de R$ 1, com destaque para os que demandam moedas de R$ 2 (62%).

De acordo com a pesquisa, aumentou de 54% para 58% o índice de caixas do comércio que se lembram da divulgação das campanhas de reconhecimento de notas falsas. O número dos que declaram já ter recebido nota falsa no comércio caiu de 61% para 58%, sendo que as notas de R$ 50 e R$ 10 são as mais comuns.

Mais da metade dos comerciantes declara que, ao perceber a nota falsa, se o cliente ainda estiver no estabelecimento, devolve a cédula. Se o cliente já tiver ido embora, cerca de um quarto dos comerciantes diz que joga a nota fora, um índice semelhante ao dos que usam o objeto como exemplo interno. Um índice de 31% declara que encaminha a nota falsa ao banco. Segundo a pesquisa, 91% dos comerciantes verificam a autenticidade da nota.